4 DICAS PARA CONSERVAR LEGUMES E VERDURAS POR MAIS TEMPO

Os potes herméticos são uma das soluções mais eficazes para conservação de alimentos



Consumir verduras e legumes sempre foi muito importante para saúde! Muita gente não gosta, mas hoje em dia, várias receitas podem ser preparadas para que você passe a gostar de alimentos que nem imaginava degustar antes, o segredo é criatividade e tempero!



Mas como conservá-los na geladeira e armários por muito mais tempo sem estragar? Nesse post você encontrará a solução! Confira quatro dicas para conservar legumes e verduras por muito mais tempo e se alimentar de forma saudável sem se preocupar com o estrago de alimentos.


1. LIMPEZA EM PRIMEIRO LUGAR


Antes de armazenar seus alimentos na geladeira ou freezer, é essencial fazer uma boa higienização! Lave frutas, legumes e verduras e deixe-os imersos por mais ou menos 15 minutos em uma mistura com água filtrada e uma colher de hipoclorito de sódio. Enxágue bem e seque em papéis toalhas.


Depois de secos, coloque-os em potes herméticos e com folhas de papéis toalhas entre elas. O papel irá ajudar a absorver a umidade e a conservá-las por mais tempo. E opte por colocar verduras nas gavetas inferiores do eletrodoméstico, onde é menos frio.


2. CONGELE ALIMENTOS QUE NÃO VAI USAR A CURTO PRAZO


Se você comprou em grande quantidade e não vai utilizar tudo em tão pouco tempo, uma solução eficaz é congelar os legumes e algumas frutas. Apenas os vegetais consumidos crus, como por exemplo alface, couve e pepino, não devem ser congelados, do restante, basta congelar do jeito certo, que os nutrientes serão mantidos e a validade pode se estender em até seis meses.


E como congelar legumes do jeito certo? A maioria deles precisa de um pré-cozimento antes do congelamento. A técnica é conhecida como escaldar e é bem simples: basta ferver um litro de água para cada 100 gramas de legumes limpos, descascados e cortados, deixar cozinhar até que fiquem “al dente” e, em seguida, mergulhar o alimento em um recipiente com água e gelo até que fiquem frios. Depois disso, basta embalar em sacos reutilizáveis e congelar.


Já as frutas, como ameixas, uvas, pêssego, morango e abacaxi, para durarem mais, você pode contar com a acidez do limão, respingado sobre elas, depois de lavadas, cortadas e armazenadas em potes. Frutas vermelhas como morango, cereja, amora, mirtilos e outras opções cítricas se acomodam melhor às baixas temperaturas. Já as mais macias, como mamão e banana, podem perder um pouco do sabor e da textura. Então fique ligado!


3. NEM TUDO É GELADEIRA


Alguns alimentos têm suas propriedades melhor conservadas se forem mantidos em temperatura ambiente até o momento em que serão utilizados, principalmente frutas e frutos, e também a batata, por conta do seu amido que se transforma em açúcar e muda não só o sabor, mas a cor e a textura. Confira outros exemplos:


Raízes: ao invés de colocar cenouras, mandiocas e beterrabas em sacos plásticos ou potes, experimente colocá-las imersas em vasilhas separadas com água, dentro da geladeira. Elas durarão até 15 dias sem perder suas propriedades.


Grãos: guarde o feijão, o grão-de-bico, lentilhas, entre outros, na despensa ou no armário da cozinha, em potes herméticos. Cole etiquetas com as validades de cada um deles e na hora e usar, lembre-se de colocar sempre duas medidas de água para cada medida de grão, e aproximadamente 1 colher de sopa de vinagre ou limão para cada medida de água. Deixe de molho por 24h, tempo ideal para eliminar substâncias indesejadas.


Frutos: tomates, pepinos, berinjelas e abóboras inteiros podem ser conservados em temperatura ambiente. Em contrapartida, se estiverem cortados, eles devem ficar em uma vasilha bem fechada, com um papel toalha embaixo, dentro da geladeira. O consumo ideal é de até dois dias.

QUANTO MAIS POTES HERMÉTICOS, MELHOR



A última dica, mas não menos importante é: tenha potes herméticos! Produtos que não podem faltar na sua cozinha, os potes herméticos são bastante eficientes, pois impedem a entrada de ar nos utensílios, conservando características e nutrientes dos alimentos, principalmente legumes, verduras e frutas, em armários e geladeiras!


Evita desperdícios e deteriorações externas, além de manter o sabor e a textura como se você tivesse acabado de tirar o produto da embalagem.




DICA BÔNUS: CUIDADO COM O ETILENO


As frutas devem ser guardadas separadamente por conta do etileno, um gás que elas emitem e que é responsável por impulsionar seu amadurecimento. Umas soltam mais e outras menos. Ele é inofensivo, mas como cada fruta tem seu tempo certo de maturação, elas não devem ficar juntas.


Gostou das dicas? Clicando aqui você confere mais vantagens que os potes herméticos e os sacos plásticos reutilizáveis oferecem para os alimentos e também conhece a linha Vacuum Moda do Chef. Continue nos acompanhando, cadastre-se em nossa newsletter e receba várias dicas, receitas e novidades para sua casa!

56 visualizações0 comentário

DESENVOLVIDO POR FABIANO A. GODOI